2016 – Sessão de Posse Tivoli – 30/01


Resumo

Diretoria Biênio 2016-17 do Capítulo de São Paulo do CBC toma posse

Foram empossados, no dia 30 de janeiro, em evento no Hotel Tivoli São Paulo, os novos integrantes da Diretoria do Colégio Brasileiro de Cirurgiões Capítulo de São Paulo Biênio 2016-17: Mestre, TCBC Sidney Roberto Nadal; Vice-Mestre, TCBC Paulo Mauricio Chagas Bruno; 1º Secretário, TCBC Ramiro Colleoni Neto; 2° Secretário, TCBC Rogério Saad Hossne; 1º Tesoureiro, TCBC Carlos Eduardo Jacob; 2° Tesoureiro, TCBC Carlos Walter Sobrado; e DEPRO, TCBC Luiz Roberto Lopes. 

O presidente do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, TCBC Paulo Roberto Corsi, ressaltou, logo no início, a honra de promover eventos desta importância. “Tenho orgulho de mantemos nossa tradição\”. Em seguida, foram empossados 47 novos membros – 5 Acadêmicos, 9 Aspirantes, 9 Adjuntos e 24 Titulares – e elevados 8 membros – 4 Adjuntos Jubilados e 4 Eméritos. 

O presidente da Associação Paulista de Medicina, Florisval Meinão, afirmou que a APM sempre estará ao lado do CBC. “Foi uma decisão acertada se associar a uma entidade tão importante. Só o fortalecimento destas associações permitirá lutarmos pela melhoria da saúde deste país”, destacou.

A necessidade absoluta de uma classe médica perita também foi destacada pelo vice-presidente do Conselho Regional de Medicina, Mauro Aranha de Lima. “O Cremesp se compromete a seguir e a fazer jus a todos vocês que chegaram aqui por mérito, cirurgiões já experientes que estão aqui por todo um histórico de vida virtuoso. O poeta português dizia que navegar é preciso. Operar também. Particularmente num país carente de pessoas éticas e comprometidas com a sociedade brasileira”.
Já o conselheiro efetivo do Conselho Federal de Medicina pelo Estado de São Paulo, representando o Dr. Carlos Vital Tavares Correa Lima, Presidente do Conselho Federal de Medicina, o ACBC Jorge Carlos Machado Curi, ressaltou a coragem dos cirurgiões brasileiros, num momento de crise, onde a saúde preocupa. “Queremos um país que mantenha uma medicina qualificada para todos os brasileiros. Tudo que se procurou fazer ao longo de décadas e séculos quase foi perdido. Esperamos que, de forma unida, passamos vencer esta batalha”.

Representando o TCBC Florentino de Araújo Cardoso Filho, presidente da Associação Médica Brasileira, o secretário geral da AMB, Antonio Jorge Salomão, destacou o que está faltando para os médicos: “Vivemos o drama da falta de credibilidade e respeito ao médico. Médicos são agredidos, vamos nos unir e lutar por isso”, clamou. 

Completou as felicitações o presidente da Academia de Medicina de São Paulo, José Roberto de Souza Baratella, que deu um conselho aos novos membros do CBC: “Não parem de estudar. A educação continuada é fundamental para nossa população continue sendo assistida”. 
Em seguida, o Mestre do Capítulo de São Paulo do Colégio Brasileiro de Cirurgiões Biênio 2012-13 e Biênio 2014-15, TCBC Cláudio Jose Caldas Bresciani, entregou o prêmio Daher Cutait ao TCBC Jaime Arthur Pirola Kruger. “Este prêmio é um ônus. Através deste reconhecimento, lhe transferimos enorme carga de responsabilidade, porque temos convicção de que você vai atender às nossas expectativas: trabalhar e muito em prol da medicina e, portanto, em prol do Brasil”. O homenageado respondeu que “este prêmio é um grande estímulo. Uma maneira de manter nós jovens atentos e focados, para desenvolvermos nossas habilidades e manter uma atividade societária de alto padrão como temos visto aqui”, discursou Kruger. 

Este ano, o ganhador do Prêmio Benedicto Montenegro foi o ECBC Isac Jorge Filho, descrito pelo amigo pessoal e colega de profissão, o TCBC Gaspar de Jesus Lopes, como “o ‘Guerreiro Isac’ que teve uma trajetória muito rica como estudante, médico, líder associativo, educador, pesquisador. Formado em 66, o exímio cirurgião de Ribeirão Preto (SP) sempre soube que a essência da medicina é a solidariedade”. Gaspar fez um emocionante resumo da carreira de Isac, destacando os mais de mil textos publicados em jornais e revistas do interior de São Paulo – sobre humanismo, bioética e assunto diversos – além da carreira política e associativa, com participações no Cremesp, CFM, CBC, Sociedade de Gastroenterologia e a criação da Jopaddi (Jornada Paulista de Atualização em Doenças Digestivas). 

O homenageado fez duras críticas ao atual governo federal, com relação a revalidação do diploma de médico e a falta de atenção ao Aedes aegypti. “Osvaldo Cruz acabou com a epidemia de Febre Amarela destruindo o transmissor. Agora o mosquito vingativo quer mais, transmite dengue, chikungunya e zika vírus. Estamos com epidemia de dengue no 3º milênio”. E Isac Jorge Filho concluiu: “Precisamos parar, sentar e refletir. Fico triste em dizer que não vejo muito caminho”. 
O tesoureiro do 20º Congresso Paulista de Cirurgia, TCBC Carlos Eduardo Jacob, anunciou que o evento vai acontecer nos dias 9 e 10 de setembro, no Centro de Convenções Rebouças,na capital paulista. “Temas da atividade prática do cirurgião serão os assuntos de maior destaque. Sugiram temas pelo site http://cbcpaulista2016.com.br/”.

No discurso de despedida, o TCBC Cláudio Jose Caldas Bresciani, listou as conquistas do Capítulo SP nos últimos quatro anos, comemorou o crescimento do Capítulo Paulista nos últimos 12 anos – quando se tornou o mais representativo do país – e definiu aquele momento como Agridoce. “Não sejam nunca pequenos, não aceitem ser diminuídos e lutem para manter-se intelectualmente, culturalmente e politicamente fortes e atuantes. Agridoce é a palavra hoje. Estou muito realizado com o convívio e com as atividades realizadas aqui, mas tenho sinceramente que admitir que estou muito triste por esse período estar se encerrando”. 

Antes de tomar posse, o Mestre do Capítulo de São Paulo do Colégio Brasileiro de Cirurgiões Biênio 2016-17, TCBC Sidney Roberto Nadal, entregou uma placa de agradecimento a Bresciani.
A atual gestão tem metas audaciosas para a captação de recursos e novos membros, apesar do horizonte sombrio da economia nacional. “Faremos pequenas alterações no Curso Continuado, para que tenham um curso mais prático; devemos dar atenção especial ao Clube Benedicto Montenegro, que leva reciclagem médica e difunde o CBC no litoral e no interior do Estado; e vamos utilizar as mídias digitais para a difusão de ideias, notícias e conhecimento, tornando o CBC mais interativo para aqueles que são mais jovens e usuários dessas formas de comunicação”, afirmou Nadal. 

Antes de encerrar o evento, o TCBC Paulo Roberto Corsi resumiu a magnitude do Colégio Brasileiro de Cirurgiões em números: mais de 7 mil membros em todos os estados brasileiros e 3ª maior associação de cirurgiões do mundo, atrás apenas da japonesa e da americana. “É uma honra fazer parte desta Associação. Nos últimos anos, houve uma necessidade do Colégio se empenhar em defesa dos interesses do cirurgião. Eu não me lembro uma época no nosso país onde uma profissão foi tão claramente perseguida por todas as ações governamentais. As associações médicas não são contra o governo, são contra a política de saúde do atual governo de uma forma muito clara. Nós recebemos esse mandato dos membros do CBC com uma finalidade especifica: trabalhar pelo Colégio, trabalhar pelos seus membros e pelo engrandecimento dessa instituição. E eu assumo publicamente este compromisso. Desejo à diretoria de São Paulo uma fé muito grande e uma profícua gestão”.

Compartilhar com

Agenda de Eventos

Mais eventos

destaque1

destaque1

destaque2

destaque2

destaque3

destaque3
Itarget Tecnologia