Daher Elias Cutait – ECBC


Daher Elias Cutait
(1913-2001)

 

Daher E. Cutait nasceu em 1913, em São Paulo, filho de imigrantes libaneses. Formou-se na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em 1939 e, por influência de Benedito Montenegro, optou pela cirurgia. Em 1941 foi para os Estados Unidos como bolsista de organismos internacionais, tendo estagiado em diversos serviços, em especial na Universidade de Michigan, onde teve sua formação em cirurgia colorretal, sob a orientação do Dr. Frederick Coller. Em 1943 retornou ao Brasil e iniciou uma profícua carreira acadêmica na USP, atuando no Hospital das Clínicas, onde foi chefe do Serviço de Coloproctologia de 1947 até sua aposentadoria na Universidade em 1983. Sob seu comando, o serviço ganhou reputação nacional e internacional, formando especialistas oriundos de todo o país e da América Latina.

Durante sua vida publicou mais de 120 artigos em revistas médicas nacionais e estrangeiras, escreveu mais de 40 capítulos de livros, publicou três livros e produziu cerca de dez filmes cirúrgicos, alguns deles premiados em eventos internacionais. Participou como conferencista de mais de 250 eventos nacionais e internacionais e apresentou, em colaboração, mais de 500 contribuições. Recebeu mais de 15 prêmios por suas contribuições científicas. Sem dúvida, sua contribuição mais importante à cirurgia colorretal foi a operação de abaixamento colorretal retardada, conhecida mundialmente por seu nome, para o tratamento do megacólon chagásico e do câncer do reto.

Daher Cutait teve também uma vida associativa bastante intensa, tendo sido presidente de diversas sociedade médicas, dentre elas a Sociedade Brasileira de Coloproctologia (1957, 1986), o Colégio Brasileiro de Cirurgiões (1976-1979), A Associação Latinoamericana de Coloproctologia (1957-1960), a Society of University Colon and Rectal Surgeons (1986) e o American College of Surgeons, Brazilian Chapter (1976-1980). Um dos eventos mais relevantes pro ele presidido foi o Congresso Mundial de Coloproctologia (1986), que reuniu em São Paulo, juntamente com os Congressos Mundiais de Gastroenterologia e Endoscopia Digestiva, mais de 8 mil participantes.

Ao longo de sua vida tornou-se membro honorário ou estrangeiro de diversas sociedades ligadas à Coloproctologia ou à Cirurgia, de praticamente todos os países da América do Sul, da Espanha, da Inglaterra, da França e da Irlanda. Em 1987 foi agraciado com o título de “Pai da Coloproctologia Latinoamericana”.

Uma de suas mais importantes obras foi o Hospital Sírio Libanês, hoje um importante centro de excelência e de referência em nosso país, do qual foi Diretor Clínico de 1965 até sua morte.

Em 2000, publicou sua autobigrafia “Um médico, uma vida”, onde conta histórias de sua vida pessoal e médica. Foi casado com Yvonne e deixou os filhos Raul, Edgard (falecido), Luiz e Plínio, as noras Márcia e Sandra e 10 netos. Talvez sua maior glória seja a de, mesmo após sua morte, continuar a influenciar cirurgiões pelo exemplo de vida que legou.

TCBC Raul Cutait

Compartilhar com

Agenda de Eventos

Mais eventos

destaque1

destaque1

destaque2

destaque2

destaque3

destaque3
Itarget Tecnologia